Controle de raízes de árvores resolve danos em calçadas de Santos

No dia 16 de julho de 2019, a Prefeitura de Santos iniciou um projeto experimental, com ajuda do então Secretário do Meio Ambiente Marcos Libório. O objetivo foi de solucionar o problema de calçadas quebradas por raízes de árvores. O principal ponto a ser trabalhado foi a Rua Paraná, que em dois meses recebeu cerca de treze espécies defletores de raízes.

O dispositivo consiste em quatro placas de concreto para cada árvore, posicionadas em forma piramidal que atuam como uma contenção, condicionando o crescimento das raízes para baixo, distantes da superfície, evitando em definitivo a quebra das calçadas.

O primeiro defletor, que consiste em quatro placas em forma de pirâmide para conter as raízes, foi instalado no ingá que tombou após um forte temporal. Em seguida, diversas outras árvores ali presentes receberam seus defletores.

Esta boa ação da parte da Prefeitura é apenas uma reivindicação da sociedade. O povo foi ouvido e suas solicitações foram atendidas. Além do cuidado com as raízes, também foram refeitas a poda das folhas, o sistema de iluminação e a recuperação das calçadas.

De acordo com Libório, o objetivo principal da ação foi de salvar ao máximo as árvores da cidade, proporcionando segurança e acessibilidade ao transitar pelas calçadas.

Foto: Divulgação/PMS