Orquidário de Santos tem manutenção efetuada

Em julho de 2019, um vereador propôs uma isenção no preço do ingresso do Orquidário de Santos, alegando que a sua falta de manutenção não é condizente com o valor cobrado, de 8 reais.

De acordo com o parlamentar, a falta de cuidado para com a limpeza e manutenção devida do local é incoerente com a cobrança de um ingresso, logo sua entrada deveria ser gratuita até que a situação fosse normalizada e o serviço correspondesse ao valor do ingresso.

Ao contrário do que foi dito pelo o vereador, o então secretário do Meio Ambiente, Marcos Libório, confirmou que exite de fato uma manutenção periódica no Orquidário. Esses recursos se dão pelo Fundo Municipal de Parques, porém o local é um equipamento diferenciado que se encontra em constante movimento. Sendo assim, a manutenção ocorre apenas um dia da semana, para causar o menor impacto possível para preservar os animais e plantas locais.

Ainda sim, houve uma troca no telhado do prédio da Educação Ambiental, o lago artificial foi recuperado, bem como o viveiro dos pássaros. Ocorre uma manutenção, que em dois anos já recebeu mais de meio milhão em investimento.

O parque zoobotânico que reproduz a Mata Atlântica conta com cerca de 3.500 orquídeas de 120 espécies. Também estão estão presentes quase 500 animais de 70 espécies. De acordo com Libório, o Setor de Zoologia do Orquidário é referência no atendimento a animais silvestres e realiza até procedimentos cirúrgicos e hospitalares.

O horário de funcionamento é de terça-feira a domingo, das 9 às 18 horas. A bilheteria fecha às 17 horas e possui desconto para estudantes, professores e crianças de até 12 anos.

Foto: Nair Bueno/DL